Onde está sua marca?

porLuis HS

Onde está sua marca?

Todo empresário quer, mesmo que lá no fundo dos seus pensamentos, ter uma empresa reconhecida em qualquer lugar. Isto quer dizer “ter uma maca de valor”. Mas poucos realmente criam estratégias e investem de forma significativa em suas marcas. A importância da marca é algo que aprendi profundamente trabalhando no setor funerário.

Acompanho este setor desde 2002. O que mais me chamou atenção no início foi o valor da marca junto ao público consumidor. Apesar da empresa em que eu atuava já estar consolidada, em um processo de grande expansão, ainda havia muita desinformação e rejeição por parte do público. Era comum os clientes sentirem até uma certa vergonha de dizer que possuíam um plano funeral.

Situações como esta ainda se repetem pelo Brasil e em diversos segmentos, e resultam do posicionamento de mercado alcançado pela marca. É importante entender que um determinado posicionamento não é, por si só, um problema, tão pouco uma falha ou erro estratégico. Tudo depende de onde se quer estar e dos objetivos futuros. Cada ação de marketing direciona uma marca para uma região na mente de consumidor. O problema começa a existir quando se obtém um resultado diferente do pretendido.

A busca pelo crescimento demanda um novo posicionamento de mercado. E ações que propiciem uma nova imagem para marca ou uma nova forma de comunicação com o público tornam-se necessárias. Ou seja, novas ações precisam colocar a marca em outro local, em um cenário projetado, onde o seu valor deve ser outro. E este reposicionamento deve acontecer em todos os níveis: com parceiros, concorrentes, fornecedores, funcionários e, principalmente, clientes.

Posicionamento de mercado é o lugar que uma marca, produto ou serviço ocupa na mente dos seus respectivos consumidores. Ocupar o melhor lugar na preferência, e porque não dizer no coração do consumidor, é uma das tarefas fundamentais de qualquer ação de marketing. Quem está no topo da lista de preferências de um consumidor é considerado líder. Os demais são considerados secundários.

E sua marca, como e onde está? Será que está no lugar certo? Pense nisto e bons negócios!

Sobre o Autor

Luis HS administrator

Estou na área de marketing e comunicação há 23 anos, com experiências profissionais em designer gráfico, comunicação visual, rádio, TV, mídia impressa, criação publicitária, fotografia, gerenciamento de equipes de vendas, treinamentos, assessoria de imprensa, entre outros. Em 2002, iniciei atividade profissional no setor funerário, coordenando a área de comunicação do Sistema Prever, nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Permaneci nesta empresa por nove anos, onde tive a oportunidade de desenvolver uma grande quantidade de projetos e campanhas publicitárias. Acabei me apaixonando pelo setor funerário, onde desenvolvo uma série de trabalhos e projetos, entre eles a Revista Funerária em Foco, da qual sou editor.

Deixe uma resposta